11/11/2021 09:27:00

Tráfego aéreo doméstico lidera a recuperação em todo o mundo





https://aeromagazine.uol.com.br/

O Conselho Internacional de Aeroportos (ACI World, em inglês) apontou o impacto da crise sanitária na demanda de transporte aéreo nos últimos meses.

O Relatório Global de Tráfego Aeroportuário 2021 (WATR), mostrou que a covid-19 reduziu o número de passageiros globalmente em mais de 5,6 bilhões em 2020, no comparativo com 2019, com previsão que até o final deste ano a redução ainda atinja outros 4,6 bilhões viajantes.

Segundo a ACI World o tráfego global de passageiros em 2021 deve encerrar com a metade do total transportado em 2019, totalizando apenas 4,6 bilhões ante 9,2 bilhões há dois anos. Ainda assim, o resultado é superior ao registrado no ano passado, quando a aviação regular enfrentou sua maior crise histórica.

Ao longo de 2020 os aeroportos mundiais tiveram uma redução acentuada nos movimentos de aeronaves, com diminuição de 39,5%, chegando a apenas 62 milhões de operações.

No lado oposto, o impacto no transporte cargueiro foi relativamente menor, visto a demanda por equipamentos de proteção individual (EPI), medicamentos e insumos para combate a pandemia, além do crescimento do volume de mercadorias negociadas pelo varejo online. Porém, no total a carga aérea global diminuiu 9,6% em 2020 em relação a 2019, com 108 milhões de toneladas movimentadas.

Com a imunização em massa realizada nos principais países do mundo, a retomada do tráfego doméstico continua com tendência de alta, com uma recuperação mais rápida que o movimento internacional.

O mercado doméstico dos Estados Unidos e da China, respectivamente os dos maiores do mundo, seguem liderando a retomada dos voos internos. O Brasil se destaca também por sua melhor posição no movimento doméstico, mas ainda apresentando números modestos nas viagens internacionais.

Globalmente, o tráfego doméstico continuará a aumentar em 2021, atingindo mais de 3,1 bilhões de passageiros até o final do ano, nível que corresponde a 58,5% do alcançado em 2019.

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 10 de Novembro de 2021 às 15:40



Comentários

Não Existem Comentarios

CADE aprova aquisição da MAP pela GOL, que leva mais slots no Aeroporto de Congonhas
https://www.aeroflap.com.br/Por Pedro Viana -3 de janeiro de…
A importância do Registro Aeronáutico Brasileiro para a segurança operacional
https://aeromagazine.uol.com.br/Compete ao registro indicar…
Azul Cargo e FedEX criam aliança para expandir acesso ao serviço internacional no Brasil
https://www.mercadoeeventos.com.br/Por Pedro Menezes em 10/11/2021…